quinta-feira, 30 de junho de 2011

ASSENTAMENTO DE VALVULAS

ESTE BLOG SE DESTINA A ORIENTAR A QUEM TENHA INTERESSE EM APRENDER COMO SE FAZ O ASSENTAMENTO DE VÁLVULAS EM MOTORES A ÁLCOOL E GASOLINA.
AS VÁLVULAS SÃO RESPONSÁVEIS  PELA SINCRONIZAÇÃO DOS TEMPOS (ADMISSÃO, COMPRESSÃO, EXPLOSÃO  E DESCARGA ) DO MOTOR POR MEIO DA CORRETA VEDAÇÃO DAS CÂMARAS DE EXPLOSÃO, SE DIVIDEM EM VALVULAS DE ADMISSÃO E DE DESCARGA SÃO FABRICADAS COM MATERIAIS NOBRE, INOXIDAVEIS E RESISTENTES A ALTAS TEMPERATURAS E ATMOSFERAS CORROSIVAS, PROVOCADAS PELAS COMBUSTÃO. SÃO DIMENSIONADAS DE ACORDO COM O TEMPO DE RESPOSTA DOS MOTORES, DEPENDENDO DA ROTAÇÃO DE TRABALHO DOS MOTORES.
AS VALVULAS DE ADMISSÃO SÃO RESPONSAVEIS POR DEIXAR ENTRAR O COMBUSTIVEL E O COMBURENTE ( GASOLINA OU ALCOOL MAIS AR ) PARA A CAMARA DE EXPLOSÃO , ESTAS TEM UM DIAMETRO NA CABEÇA MAIOR QUE AS VALVULAS DE DESCARGA.
AS VALVULAS DE DESCARGA TEM A FUNÇÃO DE DEIXAR SAIR OS GASES PROVENIENTES DAS EXPLOSÕES NAS CAMARAS SEU DIAMETRO DA CABEÇA É MENOR QUE O DAS VALVULAS DE ADMISSÃO.


imagemguia
O cabeçote é constituído de vários elementos, os dutos, a câmara de combustão, os retentores, as sedes de válvulas e as próprias válvulas. Agora vamos entender sobre os guias de válvulas, componentes importantes para o perfeito funcionamento das válvulas do cabeçote.
O guia de válvula é um componente que fica no interior do cabeçote, pouco visto pelos reparadores, mas que realiza uma função extremamente importante, a de guiar a válvula em seu curso de sobe e desce dentro do cabeçote do motor.
imagemguia
[Guias de válvulas, dentro do cabeçote]
O guia é geralmente feito de bronze, fica prensado do cabeçote, seu diâmetro interno é ligeiramente maior que o diâmetro externo da válvula, permitindo assim que a mesma deslize dentro do guia em seu curso.
Quando ocorre o desgaste, devido ao longo tempo em que a válvula correu dentro do guia, o guia precisa ser medido em relação a sua folga com a válvula e se necessário deve ser substituído, caso contrário, a válvula pode se empenar ou mau se assentar sem sua sede de válvula, vindo a provocar falhas ou quebra no motor
Texto: Gionei da Rocha
Imagem: Alan Spring






Assista o procedimento de assentamento de valvulas neste video.


O assentamento da válvula se faz na sua sede. Quando a mesma está apoiada na sede, ela está fechada, bloqueando a entrada ou a saída dos gases. Essa sede deve ser perfeitamente concêntrica em relação à cabeça da válvula para garantir a estanqueidade quando a mesma estiver fechada. Antigamente para se garantir um ótimo assentamento, usava-se um processo chamado de esmerilhamento de válvulas, este processo retira as impurezas e a carbonização entre a cabeça da válvula e a sede para promover a perfeita vedação da válvula. No Brasil com a proibição da utilização do chumbo tetraetila na gasolina aumentou a vida útil das válvulas, pois este produto causava uma rápida carbonização deste importante componente do motor.

poste suas impressões nos comentarios, para que sejam avaliadas.






Nenhum comentário:

Postar um comentário